terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Leo Gonçalves - Um artista guidovalense


O Leo Gonçalves é filho do Dervásio (Désio) Gonçalves, moveleiro residente à Rua do Sacramento.

Em 2003, junto com Chico Guarisa, Leo Gonçalves ganhou o concurso para a escolha selo comemorativo do Centenário do Nascimento de Ary Barroso. 
Ele Trabalha com todos os tipos de ilustrações, sendo realistas ou peças publicitárias. Especializado no desenvolvimento de mascotes,  design gráfico e ilustração.
É destaque na galeria oficial do software Xará e desenvolve o mascote dos Bombeiros de Portugal e muitas outras ilustrações em evidência.
Para conhecer um pouco da arte do Leo é só acessar http://leogoncalves.com/

Agora, duante a tragédia que abateu sobre a nossa Guidoval, Leo registrou vários fotos e podem ser vistas no facebook.

Para quem ainda não faz parte dessa rede social coloquei algumas fotografias de autoria do Leo Gonçalves.

É de dar dor, é de chorar, mas temos que levantar a cabeça e reerguer a nossa Guidoval.



































4 comentários:

Plinio Augusto disse...

Oi Dé,

A gente sempre se comove ao assistir programas televisivos ou ver votos de devastações, tissunames, etc., em todos os lugares. Mas, ao ver estas fotos e os informativos de TV sobre a devastação da nossa Terra Natal, a sensação de dor e de impontência diante de tal tragédia, fazem faltar as palavras . Não há o que dizer. Quando as sabemos de outras localidades lamentamos as agonias e tristezas por que passam seres humanos, nossos semelhantes. Mas, de Guidoval, quase todos são nossos conhecidos, somos conterrâneos, uma grande famíla. E, quando se trata de família, sem muito pensar somos mais egoistas. A nossa dor sempre é maior.
É muito triste ver a devastação ocorrida em nossa terra e os prejuízos incalculáveis da nossa gente. Com certeza, muitos dos nossos conterrâneos não terão condições de retornarem a uma situação de vida razoável com seus próprios recursos. Necessitarão de muita ajuda. Ficamos muito comovidos e só nos resta apelar para a Providência Divina para que ilumine e sensibilize os nossos governantes e as demais autoridades para que prestem a devida assistência a todas as nossas cidades que foram abaladas por estas tragédias no início deste ano. Que recursos públicos sejam encaminhados às áreas necessitadas e não apenas privilegiando áreas políticas como se ouviu ontem nos jornais da noite a respeito de um certo ministro que privilegiou o seu estado com quase a totalidade das verbas destinadas a esse tipo de assistência.

Plinio

Brasília, 04-01-2012

Esmaltólatra disse...

Eu sou esposa do Sérgio Barros, filho de Dona Célia e Sr. Joaquim Freitas...Estou extremamente triste e comovida com esta catástrofe..Moramos no Rio de Janeiro e estamos de mudança para Curitiba. Minha filha foi batizada aí na Igreja de Santana e passamos o ano Novo em Guidoval com nossa família reunida...Tenho a família do meu marido como minha família, sou de Salvador, e abraçei Guidoval como minha cidade também...Creio muito em Deus, e peço a Ele que traga muita força e consolo para todas as famílias que tiveram perdas materias com esta calamidade. Mas queria deixar a mensagem que o Nosso Deus é Vivo e Ele está no controle, e Devemos mesmo asssim dar Graças porque temos vida e saúde, e vamos arregaçar as mangas e trabalhar para reconstruir...Que Deus Todo Poderoso esteja movendo os coraçoes dos Governantes para nos ajudar neste recomeço.

Sávio Damato disse...

Pessoal, estou reproduzindo abaixo algumas informações importantes para que as cidades atingidas consigam ajuda Federal. As informações foram extraídas do Facebook do Deputado.

É com enorme pesar que informamos aos municipios afetados pelas chuvas dos últimos dias, os procedimentos emergenciais que deverão ser adotados para ajuda federal. Depois de decretado situação de emergência ou estado de calamidade pública deverão seguir os procedimentos a seguir: O Poder Executivo federal apoiará, de forma complementar, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios em situação de emergência ou calamidade pública, por meio dos mecanismos previstos nesta Lei.

O apoio previsto será prestado aos entes que tiverem a situação de emergência ou estado de calamidade pública, reconhecidos pelo Poder Executivo federal. O reconhecimento previsto dar-se-á mediante requerimento do Poder Executivo do Estado, do Distrito Federal ou do Município afetado pelo desastre.

O requerimento previsto deverá ser realizado diretamente ao Ministério da Integração Nacional, no prazo máximo de dez dias após a ocorrência do desastre, devendo ser instruído com ato do respectivo ente federado que decretou a situação de emergência ou o estado de calamidade pública. OBS. Não esquecer de enviar também o AVADAN em até sete dias improrrogaveis junto com os detalhes dos prejuizos.

Conteúdo retirado do art.3, parágrafos 1° e 2°, Lei 12340 de 01 de dezembro de 2010.

DOCUMENTOS:

O requerimento deverá conter as seguintes informações:

I - tipo do desastre, de acordo com a codificação de desastres, ameaças e riscos, definida pelo Ministério da Integração Nacional;

II - data e local do desastre;

III - descrição da área afetada, das causas e dos efeitos do desastre;

IV - estimativa de danos humanos, materiais, ambientais e serviços essenciais prejudicados;V - declaração das medidas e ações em curso, capacidade de atuação e recursos humanos, materiais, institucionais e financeiros empregados pelo respectivo ente federado para o restabelecimento da normalidade; e

VI - outras informações disponíveis acerca do desastre e seus efeitos.

Após avaliação das informações apresentadas no requerimento o Ministro de Estado da Integração Nacional reconhecerá, por meio de Portaria, a situação de emergência ou estado de calamidade, desde que a situação o justifique e que tenham sido cumpridos os requisitos estabelecidos na Medida Provisória nº 494, de 2010, e pelo Decreto 7257.

Conteúdo retirado do Capítulo II, Art. 7º, do Decreto 7257º, de 04 de agosto de 2010.

O telefone do Ministério da Integração Nacional:(61) 3414-5925
Site: www.defesacivil.gov.br
Secretaria Nacional de Defesa Civil
www.defesacivil.gov.br
Secretaria Nacional de Defesa Civil
www.defesacivil.gov.br

FONTE: Deputado Federal Reginaldo Lopes
Secretaria Nacional de Defesa Civil
www.defesacivil.gov.br

Anônimo disse...

Oi Dé,
O Dr. Plinio tem razão,faltam as palavras para expressar tudo o que vai no coração da gente.Como vocês, nasci em guidoval e compartilho a tristeza dos conterrâneos.Vamos pedir à Deus que ilumine as autoridades responsáveis pelo atendimento e socorro às vitimas desta catástrofe para que priorizem o atendimento a nossa pequena Guidoval.Seu povo ordeiro e trabalhador merece este carinho
Tenho certeza que em nome do Sr. Jesus ela será reerguida,

Abraços,
Maria José Baía Meneghite
Jornal Leopoldinense
Leopoldina, MG